quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Igor: um jornalista de alma japonesa

Seja na escola, no trabalho ou até num restaurante você pode encontrar algum personagem que você irá comentar depois. "Owww lembra daquele fulano doido, estranho, maluco, engraçado?" No caso da minha universidade o nome dessa pessoa é Igor. Um rapaz alto que usa sempre (digo SEMPRE mesmo) um chapéu de pescador com listras verdes. No entanto, esta é apenas uma das suas marcas.

-Você gosta de cultura japonesa? Estou envolvido num projeto e gostaria de parceiros...

E aproveitando este momento que as pessoas estão dizendo "puts ele falava isso mesmo" eu comento sobre a sua maior peculiaridade. Ele é um jornalista japonês! Não de etnia, mas de alma. Ele nasceu no país errado. O que mais gosta de fazer é ler mangá japonês e todas as outras coisas que os japoneses gostam, ele até trabalha num site de cultura japonesa. Certa vez me disse em plena campanha eleitoral: "Se me colocarem para fazer política eu mando assinar minha DP, eu só quero se for cultura japonesa!!!" Justamente estava cursando uma DP na minha sala, pois não era a primeira vez que tinha pedido para assinarem as suas DP's. Emblemática era a forma com que ele se aproximava nas rodas de conversas. O silêncio imperava quando chegava, o motivo era o que vinha cantando...

Katai kizu na ni, omoi o yosete
Katari tsukusenu seishun no hibi
Toki ni wa kizutsuki, toki ni wa yorokobi
Kata o tataki atta, ano hi...
Are kara dore kurai, tatta no darou
Shizumu yuuhi o, ikutsu kazoetarou
Furusato no tomo wa, ima demo
kimi noKokoro no naka ni imasu ka...

Isso mesmo! O Igor canta músicas japonesas nos corredores e salas. Não é raro falar com ele e de repente perceber que ele está cochichando alguma música em japonês. Sempre com o chapéu de pescador com as listras verdes. Com certeza para mim o Igor é o aluno da faculdade mais emblemático que conheço, mas minha real dúvida é: o que acontecerá com Igor se um dia ele perder seu chapéu de listras verdes? É como se o Chaves perder o seu chapéu...

6 comentários:

Sá Heck disse...

eu nunca soube quem era esse Igor até você me dizer que ele usa chapeu verde listrado..agora tudo faz sentido...

Elsa Villon disse...

Eu sempre vejo esse guri rondando pela faculdade! O chapéu é de um personagem Urahara do animê Bleach.

Caramba, agora eu sei o nome dele! Que bacana, vou berrar alguma coisa em japonês no corredor para ver se ele olha.

Heloisa Moraes disse...

Logo nas primeiras vezes que a gente conversou, eu roubei o chapéu dele. Mas devolvi de bom grado: tinha cheiro de cigarro. A gente já se esbarrou algumas no corredor e ele veio falar comigo... em japonês! Na segunda ou terceira vez, eu disse que ia dar na cara dele se ele continuasse falando em japonês, e ainda bem que ele levou isso a sério.

Duda Rangel disse...

Hello, Derlita. Estou aguardando os próximos posts! Beijos.

Anônimo disse...

e ae parou de blogar

Anônimo disse...

explained the majority of people cover ones own loans on time in addition to devoid of charges
A top arrears charity can possibly expect may be people switching to all of them intended for enable in excess of payday loan debts in order to 2x this specific. credit card debt charitable shows around used any temporary, huge appeal mortgages 2010. A charitable organisation suggests a couple of years previously the number of customers with them has been trivial.
kredyty chwilówki praca
kredyty bez bik
rekomendowane witryny internetowe
pożyczki do 30 lat
kredyty bez bik

http://szybkapozyczka24.info.pl
http://pozyczki-prwatne.org.pl
http://szybkapozyczka24.info.pl