quarta-feira, 1 de julho de 2009

Predestinada.

Foto de Marco Gomes
Predestinar: Destinar antes ( Dicionário Melhoramentos)

Estava lendo o blog do meu amigo jornalístico Braz e refleti um pouco sobre algumas certezas que tenho sobre a escolha que fiz. Ele fala no texto que uma colega de redação faz freela para Vogue e se sentiu 'menor' porque ela está melhor profissionalmente que ele e isso o fez refletir sobre o porque teria escolhido ser jornalista.

No meu caso a sede por algo maior começou cedo. Eu nasci em Várzea Alegre no Ceará, umas das piadinhas que já ouvi é que o estado tão pobre que até o nome é engraçado. A cidade tem 40 mil habitantes e só. Não tem shopping, não tem transporte público, a água encanada só apareceu em 2000, não tem universidade e não tem mídias 'grandes'. Não nego minhas origens. Jamais! Sou varzeaalegrense mesmo! Contudo, quando e como me tornaria Jornalista?

Na minha família ninguém tem universidade, nem minha mãe, nem meu pai e nenhum tio. Meus avós são agricultores e meus primos que moram lá não tem profissão, inclusive uma prima tem filho com homem casado. Ok! Essa última informação não tem relevância. Trabalhei muito e hoje falta pouco para terminar minha faculdade e não me arrependo nenhum minuto. O sentimento que o Braz teve hoje já tive em relação a ele, pois não estava trabalhando na área e todo mês tinha revista com a assinatura dele nas bancas enquanto eu passava raiva em um trabalho que não gostava. Para mim este sentimento é normal e tudo se ajeita com o tempo e o esforço.

Tenho certeza de algumas coisas e uma delas é que tentarei respeitar o Código de Ética acima de tudo. Respeitarei minhas fontes porque sei o quanto isso é fundamental e também tenho certeza de que defender o interesse público é o mais importante. Talvez eu tome algumas porradas da vida por isso, mas tenho convicção de que construirei uma credibilidade respeitando o ser humano e seus direitos. E como eu sempre digo: o que é nosso está guardado!
*
*
*
*
*
*
Você está predestinado para algo? O que está guardado para você?

12 comentários:

Braz disse...

Então a gente vai se afundar no mesmo barco junto =D

Sá Heck disse...

3!

Dri Viaro disse...

Oi,passei pra conhecer seu blog, e desejar bom fds
bjs

aguardo sua visita :)

Monica Loureiro disse...

Que bloguezinho gostoso !
Adorei !
Sou jornalista também, de coração, e produtora de vídeo, de profissão.
Meu sonho é ser uma grande escritora. Por enquanto ,sou só uma "escritora grande" . Tenho
1,80m.

Dri Viaro disse...

Vim deixar bjs e boa noite!!

Duda Rangel disse...

Oi!
Obrigado pela visita ao meu blog e pelo comentário carinhoso. Volte sempre! Gostei muito do seu também. Parabéns! Sucesso procê em sua carreira de jornalista. Duda

Juliana disse...

Até me empolguei um pouqinho.

Sá Heck disse...

vamos voltar a ativa gata?

Brenda Maciel disse...

Primeiramente, parabéns!
Que força de vontade. Você é um exemplo, e se continuar com esse pensamente, vai crescer muito moralmente, pq todo dia vai ter algo novo para aprender! Jogar limpo, ser humilde, isso que importa! Mas não deixe que ninguém pise em você porque é boa, e eu acho que você não vai deixar. Sinceramente, acho que vai pensar: 'Fracamente, saí dum interiorzinho no meio do nada pra servir de capacho? Não mesmo' Vai a luta : )

Fê Marinho disse...

Oi Derla!
Também sou jornalista, e vim parar aqui por acaso e adorei, algumas frases dos seus textos me fizeram pensar profundamente.
Obrigada pelo seu comentário,espero passar por aqui mais vezes, embora tenha perdido um pouco o hábito de ler blogs.
É uma delícia ler seus textos.

Beijãooo querida!

Elsa Villon disse...

Muito bom seu texto Derla.

Isso ai. As expectativas podem ser inexistentes, mas basta um passo para mudar isso.

Liria Neves disse...

Nossa, por acaso entrei no seu blog e gostei muito, me identifiquei com os seus posts, sei mto bem o que é ser do interior, eu moro em santarém no pará e trabalho na produção da tv tapajós afiliada rede globo, mas já passei por lugares em que me sentia um nada perto de grandes nomes.